• Blogs,  Stephania Amaral

    JOKER

    Joaquin Phoenix renasce a cada atuação e mais uma vez entrega – não apenas empresta – seu corpo e alma ao personagem. Coringa é a dança de um palhaço triste, que escreve em seu diário epitáfios funestos como “espero que minha morte faça mais sentido do que minha vida”.  As fantasias de Arthur Fleck se […] https://stephaniaamaral.wordpress.com/2019/10/03/joker/...

  • Blogs,  Stephania Amaral

    Era uma vez em Hollywood

    Tarantino sempre passa do ponto em algum momento. Mas apesar de todas as questões, da falta de falas pra fascinante Sharon Tate, continua valendo a pena. Fui pro cinema apenas com uma sinopse (muito mal escrita) e os teasers engraçadinhos que não pude evitar no insta. Margot estava felizinha demais, todo mundo numa vibe muito […] https://stephaniaamaral.wordpress.com/2019/08/15/era-uma-vez-em-hollywood/...

  • Blogs,  Stephania Amaral

    ROCKETMAN

    Elton John nunca foi um dos meus cantores preferidos. Com exceção de “Can You Feel the Love Tonight” (por motivos óbvios!) e “Benny and the Jets” – melhor sequência do longa por motivos de suruba – por momentos de zoeiras entre amigos, não fui ao cinema esperando saber cantar todas as letras. No entanto, passei […] https://stephaniaamaral.wordpress.com/2019/05/30/rocketman/...

  • Blogs,  Stephania Amaral

    A LIXXXTA

    Nota: Bom pessoal, vocês vão notar a partir de agora umas mudanças neste blog. Temos um pouco de tudo aqui, na maioria das vezes vocês encontram críticas sobre filmes que assisto em cabines de imprensa, um livro ou disco ou outro (já que posto todo dia no @discosdaste). Temos até amostras de assuntos mais pessoais […] https://stephaniaamaral.wordpress.com/2019/05/13/a-lixxxta/...

  • Blogs,  Stephania Amaral

    Cemitério Maldito

    A barreira não deve ser quebrada. A terra é podre. Era de se esperar que a nova versão do livro de Stephen King não atingisse um nível tão clássico quanto Cemitério Maldito (1989), de Mary Lambert. Caso a memória do filme de Lambert – especialmente a impecável sequência final – não assombrasse Pet Sematary (2019), […] https://stephaniaamaral.wordpress.com/2019/05/09/cemiterio-maldito/...

  • Blogs,  Stephania Amaral

    Duas Rainhas

    Apesar do duplo protagonismo prometido e cumprido pelo título nacional, Duas Rainhas (2018), primeiro longa da diretora Josie Rourke, foca na história de Mary Stuart (Saoirse Ronan) e sua rivalidade com a prima Elizabeth I (Margot Robbie), rainha da Inglaterra. Além disso se preocupa com questões de representatividade, incluindo atores e atrizes com diversas etnias […] https://stephaniaamaral.wordpress.com/2019/04/04/duas-rainhas/...

  • Blogs,  Stephania Amaral

    VOX LUX – Longe Demais

    “Voz de Luz”, em tradução errada do latim pronunciada pelo inexperiente direAtor, lança vários apelos cinéfilos para compensar suas inúmeras falhas: o reencontro de Portman e Jude Law pela quarta vez nas telas – não espere um revival de Closer (2004) – a fajuta imitação de looks Cisne Negro (2010), além de ser narrado por […] https://stephaniaamaral.wordpress.com/2019/03/28/vox-lux-longe-demais/...

  • Blogs,  Stephania Amaral

    Gilda Nomacce é LILITH em curta de Edem Ortegal

    Tive a sorte de, em meio a minha pesquisa de mestrado sobre o mito de Lilith, descobrir este curta fantástico de Edem Ortegal, ainda por cima estrelado pela deusa Gilda Nomacce, minha ídola dos filmes da Juliana Rojas. Foi uma surpresa ver como a história foi bem representada mais uma vez nas telas (beijo Monica […] https://stephaniaamaral.wordpress.com/2018/08/23/gilda-nomacce-e-lilith-em-curta-de-edem-ortegal/...