Notícias

  • Notícias

    Adele Haenel anuncia afastamento da indústria do cinema

    Em entrevista para a revista alemã FAQ, a atriz francesa Adele Haenel anunciou que vai deixar a indústria do cinema. “Não faço mais filmes. Por razões políticas”, ela explicou. “Porque a indústria cinematográfica é absolutamente reacionária, racista e patriarcal. Nós estamos nos enganando se dissermos que os poderosos são de boa vontade, que o mundo está de fato se movendo na direção certa sob sua boa e às vezes inábil gestão. De jeito nenhum. A única coisa que move a sociedade estruturalmente é a luta social. E parece-me que, no meu caso, sair é lutar. Ao deixar esta indústria de vez, quero participar de outro mundo, de outro cinema”, afirma…

  • Notícias

    Prêmio Abraccine 2021 destaca trabalhos de mulheres

    Ao fim de mais um ano, associadas e associados da Abraccine (Associação Brasileira de Críticos de Cinema) listaram e elegeram seus filmes favoritos para o Abraccine 2021. Dois aspectos se destacam nas listas votadas pela entidade: a forte presença de filmes que estrearam diretamente em streaming e forte presença de filmes dirigidos por mulheres, que foram apenas dois entre os nacionais, mas 5 entre os internacionais e os curtas metragens. Além disso, obras dirigidas por mulheres foram as premiadas em 2 das 3 categorias, pelo segundo ano consecutivo. O longa-metragem estrangeiro mais votado por integrantes da associação foi “Ataque dos Cães”, da cineasta neozelandesa Jane Campion. Uma cineasta também assina o…

  • Notícias

    10 filmes dirigidos por mulheres estreiam na Supo Mungam Plus em março

    A plataforma de streaming Supo Mungam vai incorporar ao seu catálogo, durante o mês de março, 12 filmes, sendo 10 dirigidos por mulheres. Entre os destaques, está o longa italiano, inédito no Brasil, Mãe + Mãe, de Karole Di Tommaso. Selecionado para o Festival de Roma e baseado na história real da diretora, Mãe + Mãe, mostra a trajetória de duas mulheres que se amam e sonham em ter uma criança e formar uma família juntas. Elas logo percebem que não será tão simples quanto esperavam e, à medida que o entusiasmo diminui, o amor delas é desafiado. Além dele, a versão restaurada de O Piano, o premiado filme de…

  • Notícias

    Releituras: novos olhares para antigas histórias

    Devido à pandemia de coronavírus, o ano de 2020 foi intensamente desafiador e não há dúvidas de que, diante de tanta crise, a necessidade principal dos novos tempos é se reinventar. Da reinvenção surgem, então, mudanças que apontam para novas versões e redefinições de uma série de processos e também de nós mesmos, numa busca por adaptação ao contexto e às tendências. Algo que o cinema, enquanto arte e entretenimento, sempre fez muito bem. Algumas narrativas clássicas e que marcaram época estão, ao longo da história, sendo atualizadas para novos públicos que demandam abordagens que acompanham as discussões contemporâneas e estéticas que evidenciam como técnica e linguagem têm se desenvolvido. …

  • Notícias

    Festival Cabíria no Telecine

    De 18 a 29 de novembro acontece em ambiente online a segunda edição do Cabíria Festival, evento que incentiva a representatividade e a diversidade das mulheres no cinema nas telas e atrás das câmeras. Em parceria com o festival, o serviço de streaming do Telecine apresenta durante todo o mês de novembro uma cinelist especial com 15 filmes com as temáticas igualdade de gênero e diversidade. O Telecine promove ainda, junto com o festival, a exibição gratuita, via Youtube, do filme Papicha, além de uma masterclass online oferecida pela diretora do longa-metragem, Mounia Meddour, no dia 20 às 11h. O Feito por Elas apresenta aqui a lista com os 15…

  • Notícias

    Começa o II Fórum Nacional de Lideranças Femininas no Audiovisual

    Como parte da programação da 44ª Mostra de Cinema de São Paulo, acontece, em formato virtual, a 2ª edição do Fórum Nacional Lideranças Femininas no Audiovisual. A programação inclui convidadas nacionais e internacionais. A atividade é uma iniciativa do +Mulheres Lideranças do Audiovisual Brasileiro, com patrocínio da Spcine. Entre os nomes confirmados para o evento estão a cineasta israelense Alma Har’el, criadora da plataforma Free Work, a Diretora Internacional de Originais da Netflix, Maria Angela de Jesus, e a cofundadora do Collectif 50/50, Delpphyne Besse. Além das profissionais citadas, que vão apresentar seus projetos de apoio e estímulos às mulheres na condução de suas carreiras, o II Fórum Nacional de Lideranças Femininas no Audiovisual homenageia, no…

  • Notícias

    7 filmes de terror dirigidos por mulheres para ver no Halloween

    No mês de outubro, o clima de Halloween – ou do bom e velho Dia das Bruxas – é a desculpa perfeita para assistir a um filminho de terror. Quando tomamos o cinema fantástico como um todo e o de terror em específico, a presença de mulheres na direção muitas vezes passa despercebida, talvez porque não são gêneros cinematográficos normalmente associados ao âmbito daquilo que se entende como feminilidade. As mulheres podem ser vampiras e sereias, scream queens e final girls, mas onde elas estão no processo de criação do terror? Quando consultamos a maior lista no Letterboxd de longas metragens dirigidos por mulheres, entre os 6366 filmes, 255 estão…

  • Notícias

    Confira os filmes dirigidos por mulheres para ver no Olhar de Cinema

    O 9º Olhar de Cinema – Festival Internacional de Curitiba começa amanhã, dia 7 de outubro. A cerimônia de abertura vai acontecer às 19h do dia 7 de outubro e será transmitida pelo canal do youtube do Festival. Para Onde Voam as Feiticeiras, de Eliane Caffé, Carla Caffé e Beto Amaral, é o filme de abertura. O longa une encenações e improvisos de sete artistas de rua de São Paulo, expondo a permanência de antigos preconceitos de classe, gênero e raça. É a estreia do documentário, que foi selecionado para o Cinelatino Rencontres de Toulouse, mas não chegou a ser exibido em virtude da pandemia de COVID-19. Outro destaque da programação é o seminário O…

  • Notícias

    Elas vão à luta: quatro filmes sobre mulheres e suas batalhas

    Quando pensamos sobre as diversas lutas enfrentadas pelas mulheres, tanto no âmbito pessoal e cotidiano quanto no âmbito coletivo e político, vemos o quanto há, em todas nós, verdadeiras guerreiras da vida real. E nessa realidade tão complexa de pandemia, isso fica ainda mais evidente. Há batalhas dentro e fora de casa – e aqui o termo “casa” pode servir tanto para nossa residência propriamente dita como também para nosso mundo interior.  Entre perdas e vitórias, altos e baixos, protagonistas femininas do cinema em jornadas de descoberta de si mesmas e enfrentamento de adversidades, quando bem construídas, refletem aspectos de nossas vivências, cuja identificação nos provoca aquele conforto do reconhecimento.…

  • Notícias

    Filmes hollywoodianos com roteiros feitos por mulheres para ver no Telecine

    Em 12 anos, nenhuma mulher ganhou prêmio de melhor roteiro na premiação do Oscar. Em 2007, Diablo Cody foi a última a receber a estatueta de melhor roteiro original por Juno, enquanto Diana Ossana ganhou melhor roteiro adaptado por O Segredo de Brokeback Mountain, em 2005. A disparidade de reconhecimento na principal premiação da indústria do cinema reflete também o baixo índice de participação de mulheres roteiristas dentro do mercado cinematográfico de Hollywood. Segundo dados do site Women and Hollywood, mulheres roteiristas integraram a equipe de apenas 20 dos 100 filmes de maior bilheteria lançados em 2019. Para celebrar as profissionais que desempenham tal função, o Feito por Elas garimpou…