• Filmes,  Indicações

    Absorvendo o Tabu

    Já fiz a recomendação no nosso twitter e vou reiterar nesse espaço: Absorvendo o Tabu (Period. End of Sentence, 2018), que venceu o Oscar de Melhor Documentário em Curta-Metragem, está disponível na Netflix. O filme é dirigido por Rayka Zehtabchi e produzido por ela e Melissa Berton. Elas abordam a situação de meninas no interior da Índia que muitas vezes precisam parar de estudar quando começam a menstruar e não têm acesso a absorventes e um grupo de mulheres que, em posse de uma máquina usada para fabricar esses absorventes, passa a ter uma fonte de renda e fornecer produtos acessíveis. O documentário seria interessante se focasse mais na questão…

  • Podcasts

    Feito por Elas #69 Especial Mulheres no Oscar 2019

    No programa de hoje nós vamos discutir sobre as mulheres indicadas no Oscar desse ano, os números a respeito da representatividade feminina e os filmes realizados por mulheres ou com mulheres. O programa é apresentado por Isabel Wittmann do Estante da Sala e Raquel Gomes, do Cinematório e Moda Útil, com participação da convidada Camila Henriques, do Cine Set. Feedback: contato@feitoporelas.com.br Feed|Facebook|Twitter|Instagram|Letterboxd|Telegram Edição: Felipe Ayres e Isabel Wittmann Pesquisa e pauta: Isabel Wittmann Arte da capa: Amanda Menezes Vinheta: Felipe Ayres Locução: Deborah Garcia (deh.gbf@gmail.com) Assine nosso Padrim Assine nosso Patreon Mencionados: [FILME] Ligações Perigosas (Dangerous Liaisons, 1988), de Stephen Frears [FILME] Você Nunca Esteve Realmente Aqui (You Were Never Really Here, 2017), de Lynne Ramsay [FILME] Mais Uma Chance (Private Life, 2018), de Tamara Jenkins [FILME] Sem Rastros (Leave No Trace, 2018), de Debra Granik [PODCAST] Feito…

  • Podcasts

    Feito por Elas #67 Susanne Bier

    Hoje a nossa conversa é sobre o trabalho da cineasta, roteirista e produtora dinamarquesa Susanne Bier. Abordamos os seus filmes Corações Livres (Elsker dig for evigt, 2002), Depois do Casamento (Efter brylluppet, 2006) e Caixa de Pássaros (Bird Box, 2018), além de comentarmos sobre outros trabalhos. O programa é apresentado por Isabel Wittmann do Estante da Sala, Stephania Amaral do Cinematório e Instagram Discos da Stê,  Raquel Gomes, do Cinematório e Moda Útil e Samantha Brasil do Delirium Nerd e Cineclube Delas. Feedback: contato@feitoporelas.com.br Feed|Facebook|Twitter|Instagram|Letterboxd|Telegram Edição: Felipe Ayres e Isabel Wittmann Pesquisa e pauta: Stephania Amaral e Isabel Wittmann Arte da capa: Amanda Menezes Vinheta: Mey Linhares Assine nosso Padrim Assine nosso Patreon Mencionados: [FILME] 21 Gramas (21 Grams, 2003), de Alejandro G. Iñárritu [FILME] Babel (2006), de Alejandro G. Iñárritu [FILME] Os Idiotas (Idioterne, 1998), de Lars von Trier [FILME] Festa de Família (Festen, 1998), de Thomas Vinterberg [FILME] Enquanto Você Dormia (While You…

  • Filmes,  Indicações

    Laços de Ternura

    Às vezes tudo que a gente precisa é de um bom filme recheado de atrizes incríveis trazendo o melhor de sua atuação: é tipo uma confort food cinéfila. Lembro de ter assistido a Laços de Ternura (Terms of Endearment, 1983) há uns bons 20 anos ou mais atrás, mas não tinha muitas recordações sobre ele. Dirigido por James. L. Brooks, ele trata da relação ao logo dos anos de uma mãe e uma filha. A primeira, Aurora Greenway, interpretada por Shirley MacLaine, rodeada por babados, é um tanto rígida consigo mesma e despista o flerte de diversos homens que a rodeiam. Mas certo dia aceita o convite para almoçar feito por seu vizinho, um astronauta que…

  • Podcasts

    Feito por Elas #45 Especial Mulheres no Oscar 2018

    No programa de hoje nós vamos discutir sobre as mulheres indicadas no Oscar desse ano, os números a respeito da representatividade feminina e os filmes realizados por mulheres ou com mulheres. O programa é apresentado por Isabel Wittmann do Estante da Sala, Stephania Amaral do Cinematório e Instagram Discos da Ste e Samantha Brasil do Delirium Nerd, Sobre Elas e Cineclube Delas. Esse episódio faz parte da campanha #OPodcastÉDelas, criada pela Domenica Mendes, do Perdidos na Estante, que vai durar todo o mês de março, em função do mês das mulheres. Diversos podcasts estão participando, e a ideia é que os podcasts contem com participantes mulheres, tudo isso sob a hashtag #OPodcastÉDelas2018, fomentando a participação feminina na podosfera. Edição: Isabel Wittmann e Felipe Ayres Feedback: contato@68.183.68.106 Feed|Facebook|Twitter|Instagram|Letterboxd Arte da capa: Amanda Menezes Vinheta: Mey Linhares Assine nosso Padrim…

  • Filmes,  Indicações

    Heroína(s) (Heroin(e), 2017)

    Mais um original Netflix, Heroína(s), dirigido por Elaine McMillion Sheldon é um dos indicados ao Oscar de melhor documentário curta-metragem esse ano. Nele acompanhamos a rotina de três mulheres: uma bombeira socorrista, uma juíza e uma missionária, lidando com as consequências do uso de drogas em sua comunidade, uma das regiões mais afetadas pelo problema nos Estados Unidos. Sem moralismo, mostra na força do trabalho delas a necessidade do amparo social e do cuidado médico em detrimento de respostas geralmente utilizadas na “guerra às drogas”, que mais se pautam em papel midiático. Dessa forma, os fatores humanos são trazidos ao espectador de maneira eficiente, dada a curta duração Isabel WittmannCrítica de cinema,…

  • Podcasts

    Feito por Elas #43 Dee Rees

    No programa de hoje falaremos sobre a diretora e roteirista estadunidense Dee Rees, trazendo seu cinema visualmente impecável, que aborda questões étnico-raciais, de gênero e queer. Conversamos sobre seus filmes Pariah (2011), Bessie (2015) e Mudbound: Lágrimas Sobre o Mississipi (Mudbound, 2017), que tem 4 indicações ao Oscar. O programa é apresentado por Isabel Wittmann do Estante da Sala, Stephania Amaral do site homônimo e Instagram Discos da Ste, Camila Vieira do Sobrecinema, Ana Paula Alves Ribeiro, do Antropologia do Cinema e Instagram pessoal e Samantha Brasil do Delirium Nerd, Sobre Elas e Cineclube Delas. Edição: Isabel Wittmann e Felipe Ayres Feedback: contato@68.183.68.106 Feed|Facebook|Twitter|Instagram|Letterboxd Arte da capa: Amanda Menezes Vinheta: Mey Linhares Assine nosso Padrim Assine nosso Patreon Mencionados: [FILME] Moonlight: Sob a Luz do Luar (Moonlight, 2016), de Barry Jenkins [FILME] Eu Não Sou Seu Negro (I Am Not Your Negro, 2016), de Raoul Peck [FILME] Tomboy (2011), de Céline Sciamma [FILME] Taxi (2004), de Tim Story [FILME] Viagem das Garotas (Girls…

  • Filmes,  Indicações

    Mudbound: Lágrimas Sobre o Mississipi (Mudbound, 2017)

    Com direção de Dee Rees, o drama é centrado em dois soldados, um negro e um branco, que retornam a suas casas depois da 2ª Guerra Mundial e precisam voltar a se encaixar nas rotinas familiares, com pessoas que não vivenciaram os mesmos horrores que eles. A terra, e pertencimento e o racismo são os temas que se destacam. O filme foi indicado ao Oscar de melhor roteiro adaptado (por Dee Rees, que se tornou a 1ª mulher negra indicada na categoria), melhor atriz coadjuvante, melhor canção original (ambas Mary J. Blige) e melhor fotografia (Rachel Morrison, 1ª mulher indicada em 90 anos de premiação) Isabel WittmannCrítica de cinema, doutoranda em Antropologia…

  • Filmes,  Indicações

    Lady Bird: É Hora de Voar (Lady Bird, 2017)

    Com cinco indicações ao Oscar (melhor filme, direção, atriz, atriz coadjuvante e roteiro original) o filme, dirigido por Greta Gerwig vem angariando a atenção desde o circuito de festivais. Trata-se da história semi-autobiográfica da autora, encarnada aqui como Christine “Lady Bird” McPherson (interpretada lindamente por Saoirse Ronan), uma jovem que mora em Sacramento, na Califórnia e quer muito ir para uma universidade que seja ao mesmo tempo longe de casa e em algum lugar onde as pessoas “estejam criando”. Divertido, leve, tocante e fácil de se identificar, é uma relação entre mãe e filha (o que raramente é retratado no cinema) e uma história de crescimento envolvente. Isabel WittmannCrítica de cinema,…

  • Podcasts

    Feito por Elas #42 Kathryn Bigelow

    No programa de hoje falaremos sobre a diretora, produra e roteirista estadunidense Kathryn Bigelow. Como sua filmografia extensa,optamos por falar de seus filmes mais recentes: Guerra ao Terror (The Hurt Locker, 2008), com o qual se tornou a 4ª mulher a ser indicada ao prêmio de direção no Oscar e a primeira e por enquanto única a vencer; A Hora Mais Escura (Zero Dark Thirty, 2012) e Detroit em Rebelião (Detroit, 2017). O programa é apresentado por Isabel Wittmann do Estante da Sala, Stephania Amaral do Cinematório e Instagram Discos da Ste e Michelle Henriques, do Leia Mulheres e Feminist Horror. Edição: Isabel Wittmann e Felipe Ayres Feedback: cinemafeitoporelas@gmail.com Feed|Facebook|Twitter|Instagram|Letterboxd Arte da capa: Amanda Menezes Vinheta: Mey Linhares Assine nosso Padrim Assine nosso Patreon Mencionados: [FILME] Born in flames (1983), de Lizzie Borden [FILME] Glória Feita de Sangue (Paths of…