• Blogs,  Críticas,  Estante da Sala

    Retrato de uma Jovem em Chamas

    Mitos eurídiceque foi ao infernomorreu por amore morreu duas vezes(quantas vezes uma pessoapode morrer?quantas vezesna mesma vida?)as cenasperdidas do passadomitologia pessoalda época que foi inverno(aqui dentro)o espelho nada dizse quebra e fogediante do espectadorcacos Em sua filmografia, a cineasta francesa Céline Sciamma é afeita às questões de gênero, de performatividade, de corpo e de sexualidade. […] ...

  • Podcasts

    Drop FpE #27 Melhores da Década

    Nesse drops vamos comentar como foi o processo de elaborar a lista de top 50 filmes dirigidos por mulheres da década, falar sobre nossas listas individuais e problematizar listas em geral. O programa é apresentado por Isabel Wittmann do Estante da Sala, Stephania Amaral do Cinematório e Instagram Discos da Stê e Kel Gomes do Cinematório. Feedback: contato@feitoporelas.com.br Feed|Facebook|Twitter|Instagram|Letterboxd|Telegram Edição: Felipe Ayres e Isabel Wittmann Pesquisa e pauta: Isabel Wittmann Arte da capa: Isabel Wittmann Vinheta: Felipe Ayres Locução: Deborah Garcia (deh.gbf@gmail.com) Assine nosso Padrim Assine nosso Patreon Mencionados: [ENQUETE] Troféu Alice 2019 [PESQUISA] Podpesquisa 2019 [LISTA] 50 melhores filmes dirigidos por mulheres da década [LISTA] 50 melhores filmes dirigidos por mulheres da década no letterboxd Feito por ElasProjeto para discutir, criticar…

  • Notícias

    50 melhores filmes dirigidos por mulheres da década

    Com a chegada do fim da década, multiplicam-se as aguardadas listas de melhores. É claro que não podíamos deixar passar a oportunidade aqui no Feito por Elas e para isso convidamos críticas, jornalistas e pesquisadoras a enviar suas listas com os 10 filmes dirigidos por mulheres preferidos da década. Recebemos 14 votos que juntos listaram 89 filmes diferentes. Esses foram ordenados levando-se em conta tanto a quantidade de listas em que figurou quanto a pontuação acumulada pela posição nelas. O resultado apresentamos agora na forma desse Top 50 filmes dirigidos por mulheres da década. Longe de propormos ser um resultado fechado, até mesmo pelo recorte e pelo número de votantes,…

  • Notícias

    Tomboy, de Céline Sciamma, volta ao cinema

    O filme Tomboy, vencedor do prêmio Teddy de cinema LGBT no Festival de Berlim e dirigido pela cineasta francesa Céline Sciamma, volta ao cinema em breve. A oportunidade é para quem está na cidade de São Paulo, em uma programação especial que ocorrerá entre 12 a 18 de setembro no Petra Belas Artes. O motivo é o aniversário de 30 anos da Pandora Filmes, que, para a ocasião, irá relançar 13 longas que foram lançados no Brasil originalmente pela própria distribuidora, em película, além de 2 filmes inéditos. Algumas sessões serão seguidas de debates, realizados em parceria com a #Abraccine – Associação Brasileira de Críticos de Cinema. Os ingressos da…

  • Podcasts

    Feito por Elas #54 Céline Sciamma

    Hoje nós falaremos sobre a diretora e roteirista francesa Céline Sciamma, cujo trabalho é focado em questões sobre gênero, corpo, performatividade de gênero e sexualidade, principalmente na infância e na adolescência. Discutimos seus filmes Lírios d’Água (Naissance des pieuvres, 2007), Tomboy (2011) e Garotas (Bande de filles, 2014). O programa é apresentado por Isabel Wittmann do Estante da Sala, Stephania Amaral do Cinematório e do Instagram Discos da Stê e Samantha Brasil do Delirium Nerd e Cineclube Delas. Edição: Isabel Wittmann e Felipe Ayres Feedback: contato@feitoporelas.com.br Feed|Facebook|Twitter|Instagram|Letterboxd Pesquisa e pauta: Isabel Wittmann Arte da capa: Amanda Menezes Vinheta: Mey Linhares Assine nosso Padrim Assine nosso Patreon Mencionados: [FILME] Respire (2014), de Mélanie Laurent [FILME] Para Minha Irmã (À ma soeur!, 2001), de Catherine Breillat [FILME] Beleza Americana (American Beauty, 1999), de Sam Mendes [FILME] Hoje Eu Quero Voltar Sozinho (2014), de Daniel Ribeiro [FILME] O Verão de Sangaile (Sangailes vasara, 2015),…

  • Filmes,  Indicações

    Tomboy (2011)

    Após uma mudança de endereço, uma criança chamada de Laure pela família mas que se apresenta como Mickäel (com interpretação incrível de Zoé Herán) para os novos amiguinhos vê aí a oportunidade de começar do zero seu círculo social, a forma como estrutura sua rotina e a maneira como as demais crianças a enxergam. Esse é o ponto de partida de Tomboy (2011), um drama doce escrito e dirigido por Céline Sciamma e que trata de questões sobre infância, identidade e noção de si quando se cresce um mundo tão binariamente generificado como o nosso.  Isabel WittmannCrítica de cinema, doutoranda em Antropologia Social, pesquisa corpo, gênero e cinema e é…