• Discos,  Indicações

    Mais que os Olhos Podem Ver, de Jade Baraldo

    Tenho ouvido muito o “Mais que os Olhos Podem Ver” (2019), disco de estreia de Jade Baraldo. A xovem que surgiu ano passado com o refrão forte “vadia, louca, depravada…” continua corajosa e indomável desde os primeiros versos em “perigo” (veja o clipe abaixo), depois do convite “vem sentir comigo”: “não tenho medo de ser quem eu sou, nem tenho vergonha nenhuma de expor”. O clima de romance é mais forte no primeiro ato, em faixas como “nós 2”, “yo quiero!” e “jardim”. Ela canta em inglês em “oh my baby… let’s die together”, reforçando a pegada pop embalada por alt-R&B e MPB. As letras ficam mais críticas e agressivas…

  • Discos,  Indicações

    Jade Baraldo

    Pessoal, apesar de respirar música, não sou a pessoa mais antenada às novidades. Hoje vou recomendar um videoclipe lançado a mais de um ano, pois só no mês passado que Jade Baraldo entrou na minha vida. Revelação do The Voice, a cantora catarinense de apenas 20 anos ainda não tem um álbum, mas tem várias faixas disponíveis no Spotify e alguns clipes, como este maravilhoso “Brasa”. Ela mesma compós a letra, “vadia, louca, depravada” sem pudores e super dona de si! Quem já conhecia Jade Baraldo? Me add  Stephania AmaralDoutoranda em cinema de horror, revisora e aspirante à crítica de música no @discosdaste