Stephania Amaral

Stephania Amaral

Doutoranda em Estudos de Linguagens pelo CEFET-MG

Copo americano

Farei uma recomendação dupla, pois associei duas produções de mulheres com copos americanos nas capas. A primeira, copo vazio, é o novo livro da Letrux, Tudo que já nadei, dividido em Ressaca (“famoso textão”), Quebra-mar (poemas) e Marolinhas (aforismos anônimos). Comecei…

Catarina Dee Jah

Estava em casa amufinadaSem ver a luz do diaCaiu um raio em mimMe mostrou o que eu não via Coluna curvadaAmigas fura olhoCoceira pelo corpoSó faltei criar piolho Pele sem viçoFalta de inspiraçãoNem um brinco na orelhaMiojo alimentação Conheci Catarina…

Mulheres imPERFEITAS

Só na introdução de Mulheres imPERFEITAS, lançado no Brasil pela editora Cultrix, Carina Chocano me fez rever vários “desconfortos omitidos” da profissão de crítica de cinema, reafirmar meu amor pelo filme Ruby Sparks (e até pela Isla Fisher!), e perceber o quanto Alice (no País das Maravilhas) é uma das poucas, de fato, protagonistas, de […] https://stephaniaamaral.wordpress.com/2020/10/21/mulheres-imperfeitas/...

Em minha pele

Em minha Pele (Dans ma peau, 2002), Marina de Van retoma e explode o conceito de insólito que ensaiou uns anos antes na atuação em Sitcon (1998), do François Ozon. Na introdução com música lounge e tela dividida, objetos como clipes, réguas e tesoura fazem uma contraposição com o mundo pragmático que logo será questionado.No filme, […] https://stephaniaamaral.wordpress.com/2020/10/12/em-minha-pele/...

Aggretsuko

Fazia muito tempo que eu não assistia a um anime. O argumento de um amigo que me convenceu a ver Aggretsuko foi “é da Sanrio da Hello Kitty, é diferente, é sua cara”. E de fato me senti representada em muitos pontos…

Take this Waltz

Margot sente medo de estar entre duas coisas. Com constante senso de perigo, sente medo de sentir medo. As unhas azuis dos pés dela denotam uma fragilidade, uma delicadeza infantil, uma Madame Bovary oculta, uma palhaça triste. Como adulta ela escolhe não sucumbir à melancolia, ainda que pareça perdida e se sinta culpada por ter […]