Discos,  Indicações

PJ Harvey

Fiz uma playlist no Spotify com as recomendações musicais da newsletter do Feito por Elas até agora e me deparei com este absurdo: minha cantora preferida não tinha aparecido por aqui ainda! Quem me conhece um pouco sabe que PJ Harvey é minha diva absoluta… Quem ainda não conhece o rico trabalho dela, sugiro começar por Stories from the City, Stories from the Sea, o álbum mais impecável e acessível, seguido pelo visceral To Bring You My Love, no qual ela canta dores profundas. O início da carreira (Dry e Rid of Me) tinha guitarras mais sujas e composições mais cruas, em contraste com os mais introspectivos Is This Desire? e Uh Huh Her (uma espécie de retomada e despedida da porra-louca do passado). White Chalk marca uma mudança significativa, com PJ explorando novos instrumentos como o piano. Daí pra frente mesmo os fãs mais fervorosos, como eu, acredito que pararam de acompanhá-la, uma pena. Mas a genialidade da deusa não diminui com a temporária decadência. 

Videoclipe de ‘A Place Called Home’, da PJ Harvey
Compartilhe
Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *