Podcasts

Feito por Elas #165 Mulheres: Uma Outra História

Esse podcast é sobre os seis curtas-metragens brasileiros realizados por mulheres e programados esse mês na plataforma de streaming Another Screen, da revista feminista britânica Another Gaze. Em parceria com o site Cinelimite, a plataforma exibe esse programa nomeado Mulheres: Uma Outra História, que fica disponível até 24 de maio. Com um recorte histórico do nosso cinema, a plataforma disponibiliza os seguintes curtas: Creche-Lar (1978), de Maria Luiza d’Aboim; Trabalhadoras Metalúrgicas (1978), de Olga Futemma e Renato Tapajós; Mulheres da Boca (1982), de Inês Castilho e Cida Aidar; Sulanca (1986), de Katia Mesel; Mulheres: Uma Outra História (1988) e Amores de Rua (1994), ambos de Eunice Gutman. O programa é apresentado por Camila Vieira e Rosana Íris.

Feedback: contato@feitoporelas.com.br

Feito Por Elas #165 Mulheres – Uma Outra História

Feed | Facebook | Twitter | Instagram | Letterboxd | Telegram

Pesquisa, pauta e roteiro: Camila Vieira e Rosana Íris.

Produção: Isabel Wittmann

Edição: Domenica Mendes

Arte da capa: Isabel Wittmann

Vinheta: Felipe Ayres

Locução da vinheta: Deborah Garcia (deh.gbf@gmail.com)

Música de encerramento: Bad Ideas – Silent Film Dark de Kevin MacLeod está licenciada sob uma licença Creative Commons, Attribution, Origem, Artista.

Apoie nosso financiamento coletivo no Padrim, Patreon ou Catarse

Agradecimento: Carolina Ronconi, Leticia Santinon, Lorena Luz, Isadora Oliveira Prata e Tiago Maia

Links patrocinados (Como associado da Amazon, recebemos por compras qualificadas):

[LIVRO] Cinema Soviético de Mulheres

[LIVRO] Mulheres Atrás das Câmeras- As cineastas brasileiras de 1930 a 2018

Mencionados:

[FILME] The Souvenir: Part II (2021), dir. Joanna Hogg

[FILME] Estou Me Guardando Para Quando o Carnaval Chegar (2019), dir. Marcelo Gomes

Relacionados:

[CRÍTICA] Estou Me Guardando Para Quando o Carnaval Chegar, por Isabel Wittmann

Compartilhe
Share

Projeto para discutir, criticar e divulgar os trabalhos de mulheres no cinema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.