• Filmes,  Indicações

    Homecoming

    “Escrito, dirigido e produzido por Beyoncé Knowles”. O crédito final é um vislumbre do peso da artista no documentário. Homecoming é sobre seu show que foi a atração principal do festival Coachella em 2018. Beyoncé intercala as apresentações musicais do show com discursos de pensadoras, ativistas, escritoras e outras personalidades negras e cenas dos bastidores e dos preparativos. Ela, que foi a primeira artista negra a ser a atração principal, disse que seu sonho quando criança era estudar em uma universidade para pessoas negras, mas sua escola acabou sendo Destiny’s Child. Sua fascinação por competições de fanfarra a levaram ao tema do show. Além dos músicos, optou por trazer ao palco…

  • Blogs,  Estante da Sala

    Pokémon: Detetive Pikachu (2019)

    Nos anos 90 videogames portáteis não eram tão comuns no Brasil, devido ao seu preço elevado, mas os aparelhos de televisão eram presentes em quase todas as salas de estar. Os pocket monster (monstros de bolso, em livre tradução), ou, simplesmente, pokémons, surgiram nessa década em jogos para o portátil Game Boy, da Nintendo, mas […] ...

  • Notícias

    Abraccine elege melhores curta-metragens brasileiros de todos os tempos

    Os membros da Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine) votaram e escolheram os 100 melhores filmes brasileiros em curta metragem da história. O vencedor foi Ilha das Flores (1989), de Jorge Furtado. Entre esses 100, 13 foram dirigidos ou co-dirigidos por mulheres, sendo eles: 9º A entrevista (1966), de Helena Solberg 27º Guaxuma (2018), de Nara Normande 37º O duplo (2012), de Juliana Rojas 50º Praça Walt Disney (2011), de Renata Pinheiro e Sergio Oliveira 59º Torre (2017), de Nádia Mangolini 64º Lacrimosa (1970), de Aloysio Raulino e Luna Alkalay 70º Mulheres de cinema (1976), de Ana Maria Magalhães 71º Kbela (2015), de Yasmin Thayná 83º Kyrie ou o…

  • Blogs,  Estante da Sala

    Varda por Agnès (2019)

    No dia 29 de março último, Varda nos deixou, cedo demais, aos 90 anos de idade. Mas, apesar de ter partido, ficamos com um legado de obras para ver, rever, imergir e refletir. Varda era uma artista de alma sensível, que capturou pequenos detalhes de coisas que talvez passassem desapercebidas para outra pessoa e criou […] ...

  • Blogs,  Estante da Sala

    Sansa Stark e o ódio pelo feminino

    Tanto nos livros como na série, Sansa Stark (interpretada por Sophie Turner) foi uma personagem odiada pelo público em geral. Agora, com o avançar das temporadas e a evolução dos personagens, fica claro que sua trajetória de crescimento é uma das mais coerentes, sem mudar quem ela sempre foi. O ódio por ela sempre foi […] ...

    Comentários desativados em Sansa Stark e o ódio pelo feminino
  • Indicações,  Seriados

    Loja de Unicórnios

    Segundo a Wikipedia, “A geração Y (também chamada geração do milênio, geração da internet, ou Millennials) é um conceito em Sociologia que se refere à corte dos nascidos após o início da década de 1980 e até ao final da década de 1990″. Muito se fala sobre os millennials e as pessoas tendem a colocar a conta dos estereótipos no mais jovens, quando na verdade somos as pessoas entre 20 e 40 anos. Nós crescemos em um Brasil redemocratizado, alguns de nós vimos a queda do muro de Berlim, a abertura para as importações, a múltiplas trocas de moedas, a sociedade mudando gradativamente. Provavelmente muitos de nós também foram incentivados a…

  • Blogs,  Estante da Sala

    Vingadores: Ultimato (2019)

    Contém spoilers moderados! Eis que onze anos depois do lançamento de Homem de Ferro, filme que deu início ao chamado Universo Cinematográfico Marvel ou, simplesmente, MCU, chegamos a esse filme que funciona como um desfecho para a jornada do grupo de heróis. Foram vinte e dois filmes e nesse ritmo é difícil dizer que ainda […] ...

  • Filmes,  Indicações

    Queer Eye

    Não tenho assistido a muitos filmes nos últimos tempos, porque estou num momento tenso com a minha tese (quem me segue no twitter já deve ter percebido). Mas minha singela recomendação hoje, sem muitas palavras, é o reality show Queer Eye. Ele é uma versão revista do Queer Eye for the Straight Guy, que foi ao ar entre 2003 e 2007. Começou em 2018 e já tem três temporadas disponíveis na Netflix, cada uma melhor que a anterior. Trata-se daqueles programas de transformação: os protagonistas são cinco homens gays especialistas em atividades específicas. Bobby cuida da arquitetura e decoração, Tan das roupas e estilo, Jonathan cabelo e cuidados de beleza, Karamo da cultura (mas às vezes parece…

  • Blogs,  Estante da Sala

    Tatuagem (2013)

    Essa crítica foi escrita em outubro de 2017 para o curso A Crítica de Cinema por Dentro, ministrado no SESC. Depois da abertura ruidosa em que vemos um mestre de cerimônias apresentando o grupo de teatro Chão de Estrelas, o silêncio. Fininha (Jesuita Barbosa), um dos protagonistas, aparece visualmente aprisionado entre as grades das camas […] ...

  • Blogs,  Estante da Sala

    Shazam! (2019)

    Mais um filme de super-herói nos cinemas. Imagino que pouca gente dê conta de se manter em dia com todos, especialmente em virtude da semelhança na estrutura de roteiro, que acaba por tornar enfadonhos tantos deles. Mas no meio desse mar de filmes iguais, sempre tem um outro que optam por fugir dos moldes, um […] ...