Notícias

Festival Cabíria no Telecine

De 18 a 29 de novembro acontece em ambiente online a segunda edição do Cabíria Festival, evento que incentiva a representatividade e a diversidade das mulheres no cinema nas telas e atrás das câmeras. Em parceria com o festival, o serviço de streaming do Telecine apresenta durante todo o mês de novembro uma cinelist especial com 15 filmes com as temáticas igualdade de gênero e diversidade. O Telecine promove ainda, junto com o festival, a exibição gratuita, via Youtube, do filme Papicha, além de uma masterclass online oferecida pela diretora do longa-metragem, Mounia Meddour, no dia 20 às 11h. O Feito por Elas apresenta aqui a lista com os 15 filmes da cinelist – divididos entre estrangeiros e brasileiros – para você já ir preparando o esquenta para o Cabíria Festival.

Estrangeiros

Os Olhos de Cabul (2019), de Zabou Breitman

Dirigido pela atriz Zabou Breitman, a animação dramática Os Olhos de Cabul (2019) é contextualizada no verão de 1998, quando a cidade de Cabul, no Afeganistão, permanecia ocupada pelo Talibã. Na trama, Mohsen e Zunaira são um casal que acredita na esperança de um futuro, apesar da violência e da destruição no território onde vivem, até que um ato cometido por Mohsen começa a arruinar a vida dos dois. O longa foi exibido na sessão Un Certain Regard do Festival de Cannes, em 2019.

Harriet (2019), de Kasi Lemmons

O longa-metragem Harriet (2019) é inspirado na história real da ex-escravizada Harriet Tubman, importante mulher negra ativista em defesa da população negra pela abolição nos Estados Unidos. Em plena Guerra Civil estadunidense, ela toma a frente de inúmeras fugas que salvaram centenas de pessoas em situação de escravidão. O filme recebeu duas indicações ao Oscar, incluindo o de Melhor Atriz para Cynthia Erivo. 

A Despedida (2019), de Lulu Wang

Escrita e dirigida pela chinesa Lulu Wang, a comédia dramática A Despedida (2019) apresenta Billi (Awkwafina), uma jovem que continuou próxima de sua avó, Nai Nai, mesmo morando nos Estados Unidos. Quando a família descobre que Nai Nai possui uma doença terminal, eles decidem não informá-la sobre o diagnóstico e arrumam um casamento como desculpa para reunir todos os parentes na China. O filme venceu o Globo de Ouro de Melhor Atriz – Comédia ou Musical e foi indicado a Melhor Filme Estrangeiro. Lançamos recentemente um programa sobre o filme. 

Retrato de uma Jovem em Chamas (2019), de Céline Sciamma

O longa-metragem da francesa Céline Sciamma, se situa na França do século 18, quando a pintora Marianne (Noémie Merlant) é contratada para pintar um retrato de Héloïse (Adèle Haenel), sem ela saber. As duas passam os dias juntas para que, à noite, Marianne possa pintar sua modelo, mas o relacionamento entre elas começa a ficar cada vez mais intenso. Retrato de uma Jovem em Chamas (2019) foi indicado ao Globo de Ouro de Melhor Filme Estrangeiro e à Palma de Ouro em Cannes. O Feito por Elas já gravou um programa sobre o filme. 

Papicha (2019), de Mounia Meddour

A cineasta russa Mounia Meddour dirige Papicha (2019), filme que narra a história da jovem Nedjma “Papicha”, que se nega a seguir os costumes opressores dos grupos terroristas que tentam tomar o poder na Argélia, durante a Guerra Civil, quando o país é tomado por uma onda de conservadorismo. Com outras adolescentes da universidade, a protagonista organiza um protesto em forma de desfile de moda e arrisca sua própria vida. Temos uma crítica sobre o filme.

Varda por Agnès (2019), de Agnès Varda

O documentário Varda por Agnès (2019) resgata a vida e a obra da cineasta belga-francesa que dedicou 64 anos de sua vida ao cinema. Em seu último filme, ela expõe seu processo criativo em uma montagem que revê a própria carreira. O Feito por Elas já realizou dois programas sobre a obra de Agnès Varda: os episódios 02 e 46; e temos crítica sobre esse filme em específico.

Filhas do Sol (2018), de Eva Husson

Em Filhas do Sol (2018), longa indicado à Palma de Ouro no Festival de Cannes, Bahar é a comandante das Filhas do Sol, batalhão curdo formado por mulheres que lutam pela sobrevivência do seu povo. A personagem está prestes a retornar a Gordyene, cidade na qual já foi feita prisioneira. Mathilde, uma jornalista francesa, acompanha o grupo durante o ataque e elas começam uma amizade.

Rafiki (2018), de Wanuri Kahiu

Dirigido pela queniana Wanuri Kahiu, o longa narra a história das jovens quenianas Kena e Ziki que começam a viver uma intensa paixão, apesar de suas famílias rivais políticas. Elas também desafiam as leis do Quênia que criminalizam relações homossexuais e precisam escolher entre serem livres ou viver em segurança. Rafiki (2018) foi o primeiro longa-metragem do Quênia a ser exibido no Festival de Cannes. O Feito por Elas também já gravou um programa sobre o filme. 

Brasileiros

Três Verões (2019), de Sandra Kogut

No novo longa de Sandra Kogut, Três Verões (2019), a atriz Regina Casé interpreta Madá, a governanta de um casal rico. Para abrir um negócio, ela pede dinheiro emprestado aos patrões, mas acaba envolvida em um esquema de corrupção que abalou as estruturas políticas do país. Para quem quiser, tem crítica no site. 

Indianara (2019), de Aude Chevalier-Beaumel

O documentário Indianara (2019) acompanha a ativista Indianara Siqueira, que liderou diversas manifestações de grupos LGBTQI+ que lutam pela própria sobrevivência e contra o preconceito. Revolucionária por natureza, ela enfrentou o governo opressor e encabeçou os atos de resistência contra as ameaças e ataques a travestis e a transexuais no Brasil. Também temos crítica sobre o filme. 

Deslembro (2019), de Flávia Castro

Dirigido e roteirizado por Flávia Castro, Deslembro (2019) parte do drama da adolescente Joana que se muda do Brasil para Paris com a família, após o desaparecimento do pai durante a ditadura militar. Ela cria laços e se apega à cidade onde passou a morar. Em 1979, é decretada a Lei de Anistia e a garota se vê obrigada a retornar para seu país de origem. É quando Joana entra em conflito e começa a reviver seu passado. Entrevistamos a diretora a respeito do filme. 

Sueño Florianópolis (2019), de Ana Katz

Co-produção Brasil, Argentina e França, Sueño Florianópolis (2019) apresenta a crise dos argentinos Pedro e Lucrécia que pensam em se separar, depois de 22 anos juntos. Antes de tomarem a decisão final, os dois resolvem fazer uma viagem pelo litoral sul do Brasil. É onde conhecem o casal brasileiro Marco (Marco Ricca) e Larissa (Andréa Beltrão) e passam a trocar experiências e histórias.

Pendular (2016), de Júlia Murat

Neste longa de Júlia Murat, um casal de artistas mistura arte, performance e sua intimidade em um galpão abandonado. Entre contradições do contemporâneo, eles refletem sobre sua relação amorosa e revivem conflitos do passado. O Feito por Elas conversa com Júlia Murat sobre Pendular (2016) no drops #04

As Boas Maneiras (2017), de Juliana Rojas e Marco Dutra

No longa de horror de Juliana Rojas e Marco Dutra, Clara (Isabél Zuaa) vive na periferia de São Paulo e é contratada por Ana (Marjorie Estiano) para cuidar de seu filho ainda não nascido. Uma atmosfera de tensão é criada, conforme a gestação avança, e Ana passa a mostrar comportamentos sinistros nas noites de lua cheia. O Feito por Elas tem um programa sobre As Boas Maneiras (2017). 

Praça Paris (2017), de Lúcia Murat

O drama de Lúcia Murat narra a história da ascensorista Glória (Grace Passô) que procura suporte psicológico com Camila (Joana de Verona), uma jovem terapeuta portuguesa na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Ao longo dos encontros, a origem pobre e o contexto de violência que cercam Glória colidem com o mundo privilegiado da psicóloga. A equipe do Feito por Elas comentou Praça Paris (2017) no programa sobre a filmografia da diretora.

Lembramos que você encontra esses e outros filmes no catálogo do Telecine. Aproveite porque os 30 primeiros dias são gratuitos! Não deixe de acessar a cinelist Cabíria Festival! 

Esse conteúdo foi produzido pelo Feito por Elas, de maneira patrocinada, em parceria com o Telecine.  
Compartilhe
Share

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *