Indicações,  Livros

Magra de Ruim, Sirlanney

Pausa em minhas costumeiras indicações musicais pois preciso falar sobre a Sirlanney (aliás já falei no podcast, mas reforço aqui). O trabalho da ilustradora cearense me impactou muito neste tardio contato com o livro “Magra de Ruim”. Passando por temáticas da solidão ao empoderamento, as aquarelas metalinguísticas e muito livres me deixaram morta de vontade de voltar a desenhar, o que tenho feito. Com um erotismo pungente, Sy não tem vergonha de expor seus dramas e sua força.

Compartilhe
Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *